2017-05-23, terça-feira, das 21 às 22h:

Exibição do documentário RESTAURO DA CASA DO PINHAL, do Professor Doutor DALTON SALA






Biblos Projeto e Comunicação é uma empresa criada para produzir material paradidático dirigido à escola pública.

Centrando seus projetos na temática relativa à história da arte brasileira, a empresa já desenvolveu vários projetos em cooperação com a Secretaria da Educação e a Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, a Secretaria Educação e a Secretaria da Cultura do Município de São Paulo, a Secretaria da Cultura do Município de Santana de Parnaíba e a Secretaria da Cultura do Município de Itu.

Estes projetos, de uma maneira geral, visam desenvolver o sentido de cidadania e o sentimento de pertencimento em relação ao patrimônio histórico e artístico, utilizando formatos diversos, como livros, cartilhas, exposições, vídeos e capacitação de professores.

A proposta é trabalhar o binômio história e memória dentro de um contexto sociocultural em que o aluno ou espectador reconhece seu próprio ambiente, levando à participação ativa.

Dentro destas diretrizes, foram produzidos os seguintes trabalhos, em cooperação com as respectivas instituições:

Exposições Fotográficas: Santana de Parnaíba: Patrimônio Histórico e Artístico de uma Vila Colonial Paulista (Secretaria Municipal de Cultura de Santana de Parnaíba, 2009); O Patrocínio de Itu (Secretaria Municipal de Cultura de Itu, 2010).

Vídeos: Casas Bandeiristas: Arquitetura Colonial Paulista (Secretaria da Cultura e Secretaria da Educação do Município de São Paulo, Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, 2008); Coleção e Museu (Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo: Pinacoteca do Estado de São Paulo, 2008).

Livros: Santana de Parnaíba: Patrimônio Histórico e Artístico de uma Vila Colonial Paulista (Secretaria Municipal de Cultura de Santana de Parnaíba, 2009); Guia de Visitação das Casas Bandeiristas (Secretarias Municipais de Cultura de São Paulo, Santana de Parnaíba, Itu, São Roque e Cotia, 2008).





PROFESSOR DOUTOR DALTON SALA

Crítico de Arte
Curador de Exposições
Fotógrafo Documentarista
Realizador de Documentários em Vídeo Digital
Professor de Historia da Arte Colonial Brasileira

GRADUADO E BACHAREL EM ARTES PLÁSTICAS PELA FUNDAÇÃO ARMANDO ÁLVARES PENTEADO, MESTRE EM HISTÓRIA DA ARTE E DOUTOR EM CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO PELA ESCOLA DE COMUNICAÇÕES E ARTES DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO.

Curador de Exposições, seus principais trabalhos foram Benedito Calixto: Memória Paulista, Balada da Cidade de São Paulo: gravuras de Evandro Carlos Jardim, Aleijadinho e Mestre Piranga (Pinacoteca do Estado de São Paulo), Arquitetura e Sociedade: a Província Jesuítica do Paraguai (Museu da Cultura da Faculdade de Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Galeria da Igreja de Santa Cruz da Universidade de Varsóvia), Robert C. Smith: a investigação na história da arte (4ª Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo e Fundação Calouste Gulbenkian), Santana de Parnaíba: Patrimônio Histórico e Artístico de uma Vila Colonial Paulista, para a Secretaria Municipal de Cultura de Santana de Parnaíba; Ad Maiorem Dei Gloriam e Barro Paulista, para o Museu de Arte Sacra de São Paulo.

Historiador da Arte, especialista em arte colonial luso-brasileira, além de inúmeros ensaios e estudos publicados em jornais, revistas e catálogos de exposições, também é autor dos livros Ensaios sobre Arte Colonial Luso-Brasileira; Santana de Parnaíba: Patrimônio Histórico e Artístico de uma Vila Colonial Paulista; Guia das Casas Bandeiristas.

Como Pesquisador, realizou investigações no Brasil, Argentina, Paraguai, Peru, Equador, Estados Unidos, Portugal, Espanha, Itália, Polônia, Hungria e República Tcheca. Recebeu subsídios e bolsas de estudo da FUNARTE, da CAPES, da FAPESP, do CNPq e da Fundação Calouste Gulbenkian e do Museu de Arte Sacra de São Paulo.

Professor de História da Arte Colonial Luso-Brasileira, ministrou cursos de história da arte na Fundação Armando Álvares Penteado, na Fundação Pierre Chalita em Maceió, no Centro Nacional de Cultura em Lisboa, Centro Cultural Mil Flores da Embaixada do Brasil em Lisboa, no Instituto de Arte e Cultura da Universidade Federal de Ouro Preto, no Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand, na Secretaria da Cultura de Santana de Parnaíba e no Centro Cultural Maria Antônia da Universidade de São Paulo.

Foi Coordenador do Arquivo de Arte da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, onde organizou o espólio documental do historiador da arte norte-americano Robert Chester Smith. A exposição que resultou deste trabalho, Robert C. Smith: a investigação na história da arte, recebeu o Prêmio 4ª Bienal Internacional de Arquitetura (melhor exposição) e Prêmio Ciccillo Matarazzo (melhor curadoria).

Também foi Diretor do Arquivo de Arte da Fundação Bienal de São Paulo. Além da organização do acervo de documentos da Bienal de São Paulo, resultou o estudo intitulado Arquivo de Arte de Fundação Bienal de São Paulo, publicado no número 52 da Revista da Universidade de São Paulo.

Fotógrafo Documentarista, registrou extensamente a arte colonial luso-brasileira. Estes registros fotográficos, além de ilustrar os textos que publica, deram origem a várias exposições fotográficas, entre as quais se destacam Arquitetura Colonial Brasileira (FUNARTE-SP, Biblioteca Municipal de São Paulo Mário de Andrade e Casa da Baronesa / IPHAN-Ouro Preto) e Arquitetura e Sociedade: a Província Jesuítica do Paraguai ( Museu da Cultura da Faculdade de Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Galeria da Igreja de Santa Cruz da Universidade de Varsóvia).

Colaborador de Instituições como o Museu de Arte Sacra de São Paulo, Museu de Arte Sacra da Universidade Federal da Bahia, Museu de Arte Moderna de São Paulo, Centro Cultural São Paulo, Centro Cultural Maria Antônia da Universidade de São Paulo, Centro Cultural Mil Flores da Embaixada do Brasil em Lisboa, Fundação Pierre Chalita em Maceió, Serviço Social do Comércio, Museu de Arte de São Paulo, Biblioteca Municipal Mário de Andrade, Instituto de Arte e Cultura da Universidade Federal de Ouro Preto, Centro de Estudos Latino-Americanos da Universidade de Varsóvia, Centro Nacional de Cultura em Lisboa, Centro de Estudos Brasileiros da Universidade de Salamanca, Instituto de Politécnico de Tomar, Fundação Paulina e José Nemirovsky, faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, Estação Pinacoteca de São Paulo, Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, entre outras.

Atualmente trabalha como Consultor Privado junto a coleções particulares e também dirige uma empresa destinada a realizar documentários em vídeo digital sobre arte e história da arte; neste momento, está concluindo um sítio digital (site) intitulado Casas Bandeiristas: Arquitetura Colonial Paulista, com recursos provenientes do Programa de Apoio à Cultura - ProAC da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, com patrocínio do Grupo Votorantim.

Como Realizador de Documentários em Vídeo Digital, destacam-se os trabalhos Casa e Coleção (2004) para a Fundação José e Paulina Nemirovsky; Arqué: os Fundamentos (2004), para a Secretaria Municipal de Cultura de Santana de Parnaíba; Casas Bandeiristas: Arquitetura Colonial Paulista (2008), para o Itaú BBA; Coleção e Museu (2009), para a Fundação José e Paulina Nemirovsky / Estação Pinacoteca, com patrocínio da Mapfre Seguros; Coleção Domingos Giobbi: um olhar afetivo (2010) para a Fundação José e Paulina Nemirovsky / Estação Pinacoteca, com patrocínio da Electrolux.

São Paulo, outubro de 2015

Professor Doutor Dalton Sala


EXPOSIÇÕES FOTOGRÁFICAS

ARQUITETURA COLONIAL BRASILEIRA
Funarte-SP 1981

ARQUITETURA E SOCIEDADE: A PROVÍNCIA JESUÍTICA DO PARAGUAI
Museu da Cultura Faculdade de Ciências Sociais PUC-SP 1999
Galeria da Igreja de Santa Cruz da Universidade de Varsóvia 2000
Universidade Federal de Pelotas 2005
Universidade de Buenos Aires 2008

VIAGENS
Galeria Gravura Brasileira 2003

SANTANA DE PARNAÍBA:
PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO DE UMA VILA COLONIAL PAULISTA Secretaria Municipal de Cultura de Santana de Parnaíba 2009
Patrocínio: Instituto Votorantim

O PATROCÍNIO DE ITU
Secretaria Municipal de Cultura de Itu 2010
Patrocínio: Schincariol

DOCUMENTÁRIOS EM VÍDEO DIGITAL

SALÃO DE ARTES E ANTIGUIDADES: RETROSPECTIVA
Associação dos Mercantes de Arte do Brasil 2003
FUNDAÇÃO JOSÉ E PAULINA NEMIROVSKY: CASA E COLEÇÃO
Fundação José e Paulina Nemirovsky 2004
SÃO PAULO 1920
Estação Pinacoteca: Fundação José e Paulina Nemirovsky 2004
ARQUÉ: SANTANA DE PARNAÍBA
Secretaria Municipal de Cultura de Santana de Parnaíba 2004
ARQUITETURA COLONIAL PAULISTA: CASAS BANDEIRISTAS
Secretaria Municipal de Cultura de Santana de Parnaíba 2005
Patrocínio: Instituto Votorantim
CASAS BANDEIRISTAS: ARQUITETURA COLONIAL PAULISTA
Patrocínio: Itaú BBA 2008
FUNDAÇÃO JOSÉ E PAULINA NEMIROVSKY: COLEÇÃO E MUSEU
Fundação José e Paulina Nemirovsky, Estação Pinacoteca 2008
Patrocínio: Mapfre Seguros
COLEÇÃO DOMINGOS GIOBBI: ARTE, UMA RELAÇÃO AFETIVA
Fundação José e Paulina Nemirovsky, Estação Pinacoteca 2010
Patrocínio: Electrolux