UNICEPE


Introdução intensiva ao Esperanto - 4 a 7 de novembro de 2014



O Esperanto é uma obra-prima de lógica linguística, apresentada ao mundo em 1887 pelo médico polaco Lázaro Luís Zamenhof (Ludwig Lazar Zamenhof), para ser utilizada como segunda língua dos povos na comunicação internacional. Anexamos alguns tópicos e, pela coincidência de ter sido escrito hoje, também um texto de Miguel Boieiro a propósito dum recente curso de Esperanto em Berlim.


Leia aqui:
      Esperanto, Perguntas Frequentes

      Um texto sobre esperanto por Miguel Boieiro.


          1. Professores: Manuela e Miguel Boieiro (CV anexos), que oferecem o curso à UNICEPE.
          2. Datas: 4 a 7 de novembro de 2014 (terça a sexta-feira).
          3. Horário: 3h/dia, entre as 14h e as 20h, a decidir em função das escolhas das pessoas inscritas.
          4. Preço (para apoio à cooperativa): 42,00 euros (associados) e 48,00 euros (não associados).


      Se tem interesse, inscreva-se por Unicepe@net.novis.pt. Por favor, divulgue.

      Miguel Boieiro CV


      Miguel Boieiro é formado em Contabilidade e Administração. Para além da sua atividade profissional, tem laborado em múltiplos setores, em especial no das autarquias locais, onde, nos últimos anos, tem desempenhado vários cargos de responsabilidade, de que destacamos os seguintes:

      Presidente da Assembleia Municipal do Seixal;

      Presidente da Câmara Municipal de Alcochete, durante 19 anos;

      Presidente da Associação dos Municípios do Distrito de Setúbal;

      Presidente do Conselho Fiscal da Associação Nacional de Municípios

      Portugueses; Membro da Junta Metropolitana de Lisboa;

      Presidente da Rede Internacional “Esturiales”;

      Presidente da Assembleia Municipal de Alcochete, cargo que ainda exerce;

      É Vice-presidente da Direção da Sociedade Portuguesa de Naturalogia,

      Presidente do Conselho Fiscal da Casa do Povo de Alcochete e Presidente do Conselho Fiscal da Associação Nacional de Fitoterapeutas;

      Dá aulas de Fitoterapia e Esperanto na Universidade Intergeracional de Benfica, na Universidade Sénior dos Coruchéus e na Escola Comunitária de Alcochete (Amikeca Grupo);

      É membro da Sociedade da Língua Portuguesa, da Associação Portuguesa de Esperanto, da Associação Universal de Esperanto, da UNICEPE – Cooperativa Livreira de Estudantes do Porto, da International Friendship League, da Liga dos Amigos do Jardim Botânico da Faculdade de Ciências de Lisboa, entre outras Associações e Coletividades;

      Prestou consultadoria em agricultura biológica à Sociedade Agrícola Herdade do Alto do Pina, S.A. (Libertas Natura);

      Cursou a disciplina de Fitoterapia (Curso de Botânica Aplicada à Naturopatia) do Instituto Hipócrates;

      Foi distinguido com o diploma de Embaixador da Paz, pela World Peace Federation, com o Prémio Ambiente, pela Associação “Amigos da Terra” e com a Medalha D. Manuel I, da Câmara Municipal de Alcochete;

      Tem participado em numerosos congressos e encontros internacionais sobre a paz, a ecologia, o esperanto e a cooperação internacionalista, em especial, nos seguintes países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Brasil, Canadá, Chéquia, China, Coreia do Norte, Coreia do Sul, Cuba, Eslovénia, Espanha, Estados Unidos da América, França, Islândia, Israel, Itália, Hungria, Noruega, Palestina, Polónia, Reino Unido, Sri Lanka, Suécia e Suíça; Artigos seus, mormente sobre botânica, viagens e administração local, foram publicados no “Jornal de Alcochete”, “Jornal Alcachete”, “Correio de Pombal”, “Jornal de Pegões” e “Jornal de Arganil” e nas revistas “Saúde Actual”, “Vida Sã”, “Campismo”, “Joaninha da Agrobio”, “Poder Local” e “Movimento Cultural”, entre outras.

      É autor dos livros “As Plantas, Nossas Irmãs” e “Plantas para Curar e Comer”.


      MARIA MANUELA BOIEIRO CV


      Curso Geral dos Liceus (alínea de germânicas)

      Exerceu funções nas áreas Comercial e de Relações Públicas da empresa Lisnave (19 anos)

      Integrou o Conselho Geral de Trabalhadores da Lisnave

      Dirigente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas

      Técnica de Animação Sócio Cultural das Câmaras Municipais do Seixal e do Montijo (10 anos)

      Provedora da Santa Casa da Misericórdia de Alcochete (8 anos)

      Membro da Assembleia Municipal de Alcochete (8 anos)

      Presidente da Assembleia da Freguesia de Alcochete (4 anos), sendo reeleita no presente mandato

      Fundadora do Centro Cultural e Recreativo do Alto do Moinho (Seixal) em 1975 (Sócia no 1)

      Dirigente da Fundação João Gonçalves Júnior, de Alcochete (ensino pré-escolar)

      Fundadora do “Amikeca Grupo de Alcochete” (Grupo Esperantista), onde também leciona (2000/2014)

      Embaixadora da Paz, atribuição conferida pela Federação Internacional Interreligiosa para a Paz Mundial

      Participação em diversos congressos universais e nacionais de Esperanto